Sobre nós


Das nove às seis sentamo-nos à secretária a analisar arte, a divulgar conteúdos, a avaliar o clima, a produzir ciência e  prescrever medicação. Porém, nem tudo o que fazemos é assim tão entusiasmante!

Ao chegar a casa dedicamo-nos a fazer tudo o mais que nos apaixona e que está para além de qualquer ecrã de computador, tablet, telemóvel ou mesmo termociclador. Nenhuma receita é demasiado ambiciosa (não seremos derrotadas por nenhum macaron pretensioso), nenhum prazo é demasiado curto (é sábado de Carnaval e ainda não têm máscara? Não se preocupem, dominamos esta arte com mestria) e nenhum orçamento é baixo o suficiente para decorarmos os nosso primeiros ninhos pós-parentais (nada se perde, tudo se transforma). Somos fashion lovers, mas a idade, a acumulação de monos no armário e a lembrança de maus cortes de cabelo ensinaram-nos a não ser victims. Acreditamos num consumo de moda consciente, que se adeqúe ao nosso estilo e à nossa jornada de utilizadoras de transportes públicos, ao invés do contrário. Sempre que os euros e o tempo permitem podem ver-nos de mochila às costas num avião, de olhos a brilhar – olhos, e não pele, que também já aprendemos a dominar!

Acreditamos na história dos objectos, na importância de tudo o que nos rodeia e, sobretudo, em imprimir o nosso cunho a tudo aquilo que fazemos.




Ana Dias é historiadora de arte, foodie de alma e yogi de coração. Cosmeticaholic sempre, e viajante quando a vida o permite. Vive actualmente no Reino Unido entre livros, chá quente e teacakes, ao som de David Bowie.




Joana Castro é portuense de gema, auto-designada family-lover e futura médica de família. Desde pequenina enrolada em tecidos e alfinetes, é apaixonadíssima por moda. O interesse por linhas e formas estende-se à decoração onde o estilizar e reutilizar andam de mãos dadas. Completamente viciada em fotografia, é no estático que encontra grande parte da sua inspiração.




Daniela Dias viaja diariamente para a capital onde persegue e tenta eliminar bactérias resistentes aos antibióticos. Instalou-se no centro histórico de Palmela onde cozinha, reabilita e organiza (ou deita fora tudo o que resiste a ser organizado) a vida que partilha com a cara metade, três adoráveis ex-desalojados de quatro patas e com a vizinhança sénior.




Ingrid Nogueira é uma homelover (ou para muitos já apelidada de homeaholik) que adora os simples rituais de uma vida caseira. Uma manhã de pastelaria na sua cozinha, um chá entre amigas ou uma tarde de handcraft são momentos que têm espaço frequente na sua agenda. Leitora assídua, mas não compulsiva, gosta ainda de food photography e está a descobrir as maravilhas do kundalini yoga




Raquel Machete é uma verdadeira fada do lar rockeira. À bancada da cozinha, atrás de uma máquina de costura ou, durante a maior parte do dia, a tentar amestrar a sua dissertação de doutoramento, vive com o seu músico preferido ao cimo da rua da Daniela, a tentar não levar todas as suas plantas ao suicídio e a combater o progresso das novas tecnologias e da Bimby.